Trai e Fui Punido

A minha história com a minha ex-namorada começou no cursinho, onde ambos prestávamos vestibular para administração. Começamos a namorar em Abril, e em Julho eu entrei na faculdade e ela não. Nossa vida sexual era muito boa, mas como todo homem, filho da puta, tem que experimentar coisas novas, foi lá que eu conheci Renatinha. Era um tesão de garota, mais ou menos, 1,60 m e não era um palitinho como a maioria das garotas hoje em dia, tinha tudo no lugar.

Um dia, eu e Renatinha estávamos fazendo um trabalho com mais um grupo, e todos tiveram que ir embora, menos ela (minha casa). E, numa boa, a gente só ia terminar o trabalho, comer uma pizza e pronto. Mas não, o Homem das Cavernas tinha que mostrar suas garras… Ela estava com um top que mostrava quase tudo daqueles grandes e deliciosos peitos, e eu não me contive, tive que olhar….Só que olhar para peitos, é como olhar para o Sol…..se olhar muito queima, e não demais de surpresa que quando voltei da minha deliciosa distração, ela estava olhando para mim… Fiquei encabulado, e não tive coragem nem de falar algo confortante, quando ela resolveu se abrir comigo… Disse que desde que me conheceu, teve tesão por mim, e que queria algo carnal, nada demais… Foi aí que eu me encorajei, e comecei a beijá-la o melhor beijo que ela já teve, e no calor daquela noite de inverno, começamos a nos despir… Não há palavras para descrever aquele corpo… Lindo, escultural, há aqueles que a vêem com roupa e ousam dizer que ela é um pouco gordinha, mas não… Leia Mais

Meu marido me fez dar para um mulato

Tudo começou com uma fantasia. Mais da parte do meu marido. Armou para me entregar a um mulato. E na hora ¨H¨, se arrependeu, querendo dar para trás.

Casei virgem, com véu e grinalda, toda de branco como manda o figurino. Sempre tivemos uma vida sexual normal.

Tenho 35 anos, 1,67m. de altura, falsa magra, rosto de menina, loira de olhos claros, bunda arrebitada e se não chamo atenção no dia a dia, quando me arrumo para alguma festa, maquiada, com vestido e salto alto, vivo meus trinta segundos de fama.

Carlos por sua vez, acredito eu, nunca tinha me traído. Sempre fomos normais, sem ser puritanos em excesso e nem liberais por inteiro.

Contamos piadas picantes, brincamos com palavras de sentido duplo, gostamos de revistas eróticas e filmes pornôs. Nossa ousadia máxima tinha sido uma viagem em que de mini saia e sem calcinha, fiquei no banco de passageiro do carro me exibindo para os caminhoneiros. Leia Mais

Corno Presenteando Sua Esposa Gostosa

Somos casados desde 1999, antes mesmo de nos casarmos já havia uma predisposição a ser corno, sempre que podia lia algo nesse sentido, mas nunca tive coragem, pois achava que isso era para homens que não amavam suas mulheres, mas hoje vejo que é muito pelo contrario, o homem que faz isso ama de verdade sua amada, então o tempo foi passando e Marta sempre que íamos transar ela acabava falando de um jeito bem tranquilo que imaginava outro homem participando, e isso foi ficando em minha memoria nos primeiros meses de casamento isso muito me incomodava, mas depois foi ficando banal, então o ano de 2014 resolvi que iria realizar as fantasia da minha mulher, no dia 13 de junho ela completaria um ano a mais de vida e de muita safadeza.

Um ano antes eu já havia verificado como seria essa festa a três ou mais, pois tenho um grande amigo, em que vou chama-lo de Kleber, somos amigos a muito tempo e sempre trocamos muitas confidencias, não seria essa que eu iria deixar de contar a ele, então ele foi eleito a ser o outro comedor da minha gostosa, no dia combinado fomos então para o motel Kleber e eu no meu carro e Marta que não sabia da surpresa ficou de me encontrar já no motel, então fomos, devo confessar teve momentos que que quase desisti, assim como o Kleber também, mas já havia me decidido ser corno dessa gostosa. Leia Mais