10 respostas sobre sexo na gravidez

É só o casal ficar sabendo que está esperando um bebê para que aquele pequeno ser vire o centro das atenções. Tudo é feito pensando no bem-estar do bebê e, por isso, surge a dúvida: podemos continuar com nossa vida sexual normalmente ou é melhor ir mais devagar? Dois especialistas respondem as principais dúvidas sobre sexo na gravidez, para você e seu companheiro não terem que ficar a ver navios durante longos nove meses.

Leia Mais

20 Dicas de Sexo para Enlouquecer uma Mulher na Cama

10. Novos Lugares

Saia do quarto e experimente fazer sexo em lugares diferentes – como na cozinha, no banheiro, no carro, em cima da máquina de lavar ligada ou no quarto de um hotel. Esse tipo de dicas de sexo para mudar o local e fazer cada vez mais um sexo gostoso pode apimentar sua vida sexual pois o mesmo lugar sempre, resulta na mesma e velha rotina.

Leia Mais

Virgindade anal perdida no pagode

Bem, vamos lá.
Espero que gostem desse novo conto.

Me chamo Nady, tenho 28 anos. Sou loira, cabelos longos, magérrima, peitos pequenos e bumbum redondo e empinadinho.

Essa história aconteceu em meados de 2008. Eu era novinha, virgem.
Todo fim de semana, eu mais umas sete amigas íamos no pagode que tem aqui na cidade.
Bebíamos, dançávamos… de divertíamos. Leia Mais

Fui a puta numa despedida de solteiro

Sou Raquel, 41 anos, casada a 5, quase 6 anos, moreninha clara, peitinhos grandes, bundinha média, mas do cúzinho largo. Liberada pelo mozão a mais ou menos um ano para procurar outros rolas grossas para me alargar, sempre com roupas decotadas com os seios quase a mostra, e quando possível (as vezes está muito frio, kkk) de saia curta e sem calcinha para mostrar a buceta por ai.
Neste final de semana que vou contar sai com meu marido para aprontarmos por ai. Fomos para cidade de Mogi das Cruzes, lá pelas 21:00h estávamos no shopping. Estava meio frio e eu estava com uma bota alta, saia jeans curta, camisa decotada transparente na parte de traz, mas com blusa por cima, mas é claro, sem calcinha. Resolvemos aprontar nas lojas de sapatos, nas que tinham vendedores homens é claro. Pedi vários sapatos para experimentar e como a bota era e amarrar o vendedor se prontificou a retirar, o maridão ficou de longe vendo outros sapatos. Me posicionei num local onde fica virado para vitrine de dentro, assim ninguém poderia ver que estavam sem calcinha, mas o vendedor, é claro, viu tudo arreganhado, já que a saia jeans é grossa e não cai, acho que dava até para sentir o cheirinho da xaninha. O maridão esperto, da vitrine, fotografava as costas do vendedor e minha xana aberta. O vendedor deu uma risadinha e me calmamente me perguntou: Leia Mais

Troca de casais

Oi gente, este conto escrevi para uma leitora que gostou de um dos meus contos,ela mandou alguns dados e criei o conto para ela. Espero que gostem !!! Me chamo Camila, tenho 25 anos, tenho 1,60m e 46 kg. Cabelos pretos, compridos e olhos castanhos. Sou formada em jornalismo, tenho um namorado, ele se chama Rafael, moro em Florianópolis com minha irmã gêmea Bianca. Ela é casada com o Marcos, eles foram amigos na faculdade. Leia Mais

Fiz meu marido comer minha amiga

Meu apelido é Mallú. Sou uma coroa, com 1,72m, 66kg, cabelos escuros e lisos. Tenho um bumbum exaltado e cobiçado. O rostinho é sucesso no Badoo e Facebook.

Não tive filhos. Talvez por isso os seios são firmes e os biquinhos rosados. Dizem que tenho a xaninha apertada, mesmo quando toda melada.

Sou casada com Moacir. Mais de uma década de amor recíproco. Hoje ele é meu amante predileto. Mas não foi sempre assim. Até dois anos atrás ele era bem quadrado em matéria de sexo. Eu, uma esposinha fiel e insatisfeita.

Tudo começou quando reencontrei uma colega de colegial e pulei a cerca pela primeira vez, narrado em outro conto.

Minha amiga Nice e seu esposo Flávio, eram liberais, com muitas sacanagens no currículo. Contei a ela que tinha transado com um estranho. O mesmo que tinha comido ela. Que me sentia péssima por ter traído Moacir. Leia Mais

Meu Professor Gostoso e Tarado

Conto de Sexo Nacional – Meu Professor Gostoso e Tarado:

Eu não fazia sexo com meu marido (e com ninguém mais) há mais de 15 dias. Portanto meu tesão estava a flor da pele, muito a flor da pele mesmo. O Carlos é professor na escola que leciono. Um homem maduro, casado, tem mais de 45 anos e é muito bem apessoado e muito másculo. Desde que nos conhecemos ele sempre me paquerou discretamente, mas a cada dia que passava eu notava mais atrevimento da parte dele, como todos os homens eu acho.

Um belo dia quando terminaram as aulas e eu me preparava para ir embora pra casa, ele me segurou pelo braço e me fez muitos elogios que até me deixaram sem graça. E quando ele terminou de falar disse que adoraria ganhar um beijo meu.

– Ficou louco, Carlos? – Eu perguntei com muita vergonha. Leia Mais